quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Gaúcho lança livro infantojuvenil que aborda a homoafetividade

A literatura infantojuvenil é uma das mais consumidas no meio literário, e é justamente visando essa grande circulação de livros desse tipo que o gaúcho Hermes Bernardi Jr decidiu escrever uma história que aborda o homossexualismo. Ele frisa que não se trata de um livro sobre sexualidade, e sim sobre sentimentos e dúvidas humanas. 
O livro “Eu é um outro” conta a história de Eduardo, que se apaixona pelo seu amigo Manon. "Eu é um outro" segura o leitor deixando um suspense se amor que Eduardo sente por Manon é recíproco. O título do livro é uma frase do poeta francês Arthur Rimbaud (1854 – 1891), cuja paixão por Paul Verlaine (1844 – 1896) serviu de inspiração para Bernardi.
Homoafetividade é um tema que já é bastante abordado na literatura Norte-Americana, porém no Brasil ainda é novidade. O lançamento de “Eu é um outro” se insere em um mercado que ainda tem receio de tratar da homossexualidade, Hermes comentou que seu livro foi recusado por três editoras.



Eu É um Outro
De Hermes Bernardi Jr.
Infantojuvenil, Edelbra, 80 páginas, R$ 25
Sessão de autógrafos e bate-papo com o autor neste sábado, às 11h, no Baden Cafés Especiais (Jerônimo de Ornelas, 431)



Nenhum comentário:

Postar um comentário