quinta-feira, 10 de julho de 2014

PROJETO INCENTIVA LEITURA POR PRAZER EM SALA DE AULA

O colégio Sinodal, de São Leopoldo, no Vale dos Sinos deu início ao projeto no começo do ano e tem tido um resultado positivo. O objetivo é incentivar os jovens a ter gosto pelos livros, seja ele impresso ou digital. A proposta deles foi simples: propor aos alunos 15 minutos de leitura durante o período de aula, sem cobranças dos professores. A proposta atinge os estudantes da Educação Infantil, onde os professores leem para os pequenos, aos dos anos finais do Ensino Médio. Não importa onde estejam, se na biblioteca, na aula de educação física, na aula de informática. A prática já virou rotina e nem precisa ser lembrada. Quinta e sexta-feira às 8h10 ou às 14h15 todo mundo já sabe que é a hora de abrir um livro. Os minutos reservados à leitura tentam ajudar os alunos a criar o hábito de ler por prazer. Afinal, é na fase escolar o período da vida em que o brasileiro mais lê. São em média, dez livros por ano, contra os quatro da fase adulta, de acordo com pesquisa do Instituto Pró-livro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário