sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

IEL lança seis novos livros no Armazém Literário

A partir das 17h30min da próxima terça-feira, 16/12, no Armazém Literário da Corag (Rua Caldas Júnior, 261 - Centro Histórico), o Instituto Estadual do Livro lança mais seis obras, quatro delas selecionadas em edital para a Coleção 60 Anos do IEL: "Vermelho-goiaba", de Alexandra Lopes da Cunha; "O artista quando velho", de Sérgio Schaefer (os dois de contos); "Tudo figura", de Diego Petrarca; e "Farelos poéticos", de Israel Mendes (poesia). Os livros foram editados com o apoio da Associação Lígia Averbuck, Celulose Rio-grandense e Museu Julio de Castilhos. "Paulo Hecker Filho: poesia reunida", organizado por Alexandre Brito e Celso Gutfreind, é uma coedição com a Corag e faz parte da série pela qual já foram lançadas as obras reunidas de Oliveira Silveira, Vera Karam e Henrique do Valle, todas recomendadas pelo conselho editorial do IEL. "Prosa na estrada" reúne contos, minicontos e crônicas que circularam em 200 mil folhetos nas linhas intermunicipais de ônibus do estado, nas edições de 2013 e 2014 do projeto homônimo.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

SEBPRS na 60º Feira do Livro de Porto Alegre

Neste sábado, a coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Rosana Vásquez participou do III Seminário Internacional Biblioteca Viva RS 
"O papel da biblioteca e da leitura no desenvolvimento da sociedade" onde compartilhou sua experiência ao visitar as Bibliotecas Parques no Rio de Janeiro.

Aproveite e confira a 60º Feira do Livro de Porto Alegre! Ainda dá tempo!


quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Seminários Regionais / Florianópolis-SC

O Conselho Federal de Biblioteconomia está promovendo debates sobre os aspectos estruturais, funcionais e éticos atinentes à atuação das bibliotecas Escolares e Públicas.
Estes debates irão ocorrer do dia 23 ao dia 25 de outubro em Florianópolis/SC e o Sistema Estadual de Bibliotecas RS estará sendo representado pela coordenadora do SEBRS Rosana Vasques.

o CFB acredita que esses eventos podem colaborar com a mudança progressiva dos profissionais envolvidos e atuantes nas bibliotecas, sejam públicas ou escolares, tornando o ambiente literário mais ético e cidadão. Os debates também tem como objetivo oportunizar a reflexão sobre as realidades técnicas, sociais e políticas dessas bibliotecas nos contextos em que estão inseridas.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Seminário "O papel da biblioteca e da leitura no desenvolvimento da sociedade"

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do RS convida a todas as pessoas que atuam nas Bibliotecas Públicas do estado e todos os interessados na tématica para o III Seminário Internacional Biblioteca Viva RS, que acontece no III Seminário Internacional "O papel da biblioteca e da leitura no desenvolvimento da sociedade" durante a 60ª Feira do Livro de Porto Alegre nos dias 7 e 8 de novembro. O evento promete reunir importantes ativistas culturais e especialistas no assunto. O evento reunirá importantes especialistas e ativistas culturais da área. Faça sua inscrição aqui: https://docs.google.com/forms/d/1q1XmmcxFe9HC8bBvV83i-Vkifu2dsyW_iP_w-Y2HhDY/viewform






segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Biblioteca Pública de Paulo Bento e a Semana Farroupilha!

Mês passado a Biblioteca Pública Érico Veríssimo do município de Paulo Bento entrou no clima da Semana Farroupilha e organizou vários projetos para entreter a gurizada. Em uma semana, 4 escolas diferentes levaram seus alunos para participar das contações de histórias. As escolas eram de municípios da região, que contaram também com atividades dinâmicas e divertidas. Os projetos puderam ser organizados com recursos adquiridos através do  Edital 14/2012.

Confira abaixo como foi essa experiência:



quarta-feira, 8 de outubro de 2014

ENCONTRO REGIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS

Acontece nesse dia 15 o Encontro Regional de Bibliotecas Públicas na 30º Feira do Livro de Caxias do Sul com objetivo de promover a integração dos bibliotecários, técnicos em bibliotecas e auxiliares de
bibliotecas atuantes na região da Serra Gaúcha a fim de promover a integração da classe
e troca de experiências em suas diversidades.


Local: Vitrine Cultural (Casa da Cultura Percy Vargas de Abreu e Lima, R. Dr. Montaury,
1.333, Centro. Em frente a Praça Dante Alighieri).


Programação:


13:30h Cadastramento dos presentes


14h Acolhida aos participantes – Maria Cristina Tiburi Pisoni, Diretora do Sistema de
Bibliotecas Públicas de Caxias do Sul.
Mesa redonda: Perfil profissional e atuação do Bibliotecário na Serra Gaúcha
Composição da mesa:
Marcelo Votto Teixeira - Universidade de Caxias do Sul
Marcelo Ribeiro Bohm – Secretaria Municipal da Educação
Representante do Conselho Regional de Biblioteconomia
Cássio Felipe Immig – Sistema de Bibliotecas Públicas de Caxias do Sul


16h Debate com relato de experiências
Mediação: Eunice Pigozzo – Biblioteca Pública Castro Alves, Bento Gonçalves, RS
Espaço destinado para troca de experiências, questionamentos e dúvidas
pertinentes ao tema. Neste momento todos os presentes estão convidados a
relatar um pouco da sua realidade profissional a fim de troca de experiências para
conhecer a realidade das demais cidades presentes ao evento


O encerramento do evento está previsto para as 17:30
Todos os presentes estão convidados a prestigiar a Feira e participar do Bate-papo com o
escritor João Paulo Cuenca as 19hs no Auditório da Feira do Livro.


Compareçam e participem dessa experiência!!


quinta-feira, 2 de outubro de 2014

32ª Feira do Livro de Frederico Westphalen

E acontece nesse mês a 32ª Feira do Livro em Frederico Westphalen! Abaixo a programação completa desse evento que acontece entre os dias 8 e 12 de outubro! Fique ligado!



terça-feira, 23 de setembro de 2014

Mais Bibliotecas Modernizadas

Essa semana foi a vez das Bibliotecas Publicas dos municípios de Rolante, Poço das Antas e Santa Maria do Herval serem visitadas pela funcionária pública Mariana Casseminho, representando o Sistema Estadual de Bibliotecas.
Todas as Bibliotecas dessas cidades foram contempladas com o Edital 14/2012 , podendo adquirir novos livros, equipamentos tecnológicos e outros materiais em geral visando a melhoria do local para melhor aproveitamento dos usuários

A primeira parada foi no município de Rolante, onde Mariana foi recebida pela responsável da Biblioteca Rui Barbosa, Joice. Com o valor recebido foi possível criar um recanto para os pequenos e montar uma mostra, que conta um pouco da história da cidade. Joice conta também que a biblioteca recentemente trocou de local, por isso ainda está em processo de montagem do material adquirido.



A segunda parada foi na Biblioteca Municipal Cônego Davi Rossa, no município de Poço das Antas. Lá os novos equipamentos já estão sendo usados por toda a população e são mostrados com muito orgulho pelo Secretário Municipal da Educação Gilberto Redeker, que recebeu Mariana com muita simpatia. Além de mostrar os livros e equipamentos comprados, Gilberto também mostrou o auditório interligado a biblioteca, onde acontecem apresentações e eventos.















Por fim, Mariana visitou a Biblioteca Municipal Professor Laurindo Vier que acabou de se mudar para o centro de cultura da cidade de Santa Maria do Herval. Como ainda está em processo de mudança, a biblioteca encontra-se incompleta pois alguns equipamentos e livros ainda estão sendo transportados. Quem recebeu Mariana foi Gelasia Killing, que junto com a Doraci Fuhr administra a biblioteca.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

7º Festival de Contadores de historias


Acontece nos dias  01, 02 e 03 de outubro
Casa Cultura Mario Quintana
Realização: Biblioteca Lucilia Minssen

Programação:

Maratona de historias infantis:

Ø   Ingresso para grupo de escolas (2 contações  de  historias + visita a Brinquedoteca  + lanche) : R$10,00 por aluno. Reserva mediante agendamento da Escola.
Ø  Ingressos avulsos ou individuais  por turno: R$ 10,00

Dia 02/10- Quinta-feira .
9h – A Bela adormecida com Carolina Ducatti e Alzira Sauer: POA/RS
9h30- Marcos e o monstro  com Paulo Bocca
10h: Sua alteza A Divinha com Josiane Geroldi: Chapecó/SC
10h15- Umas formigas com Rosane Castro: Cachoerinha/RS
14h- – A Corujinha Branca com Júlia  Damazio Rodrigues: Tubarão / SC
14h-30 – O segredo de CHUVISCO com Vanessa Meriqui: São Paulo/SP
15h- O Pinto Fuleiro com Flávia Maria Wolffowitz: Araçatuba /SP    
15h30 – Flicts com Djine Klein e João Antônio Pereira: Porto Alegre / RS

Dia 03 de outubro- Sexta-feira
 9h –  Contos de bicho do Mato   com Marcinha Moureira: Tupã/SP
9h30- Eu caio! Meu Livro de Folclore com Bárbara de Sousa: Belo Horizonte / MG
10h: Cuca Lelé aos Repolhinhos de Bruxelas com Kalunga: Caxias do Sul/RS
 10h15- A menina e o pássaro encantado com Cleo Cavalcantty: Cia Girolê, Curitiba /Pr
 14h- Isso não é brinquedo com Valéria Mayer (Léla): Santa Cruz do Sul/RS
14h-30 – Obax com Rute Beserra e Denis Araújo: Pirituba-SP
15h – A assembleia dos bichos com Leila Pereira: Porto Alegre/RS
15h30 - O Menino e o Bichão com Joao Luiz do Couto: São Paulo/ SP
Local: 2º andar da CCMQ

Noite dos Contos:
Local: Teatro Carlos Carvalho – 2º andar da CCMQ
Ingressos: R$ 10,00
Dia 01/10 – quarta-feira
Abertura com Paulo Bocca – Porto Alegre/RS
Orelha de ferro com  Flávia Maria Wolffowitz. Araçatuba /SP  
O par de sapatos com Vanessa Meriqui. São Paulo/SP
Muito capeta com  Josiane Geroldi: Chapecó/SC
O Louco de Catulo da Paixão Cearense por Djine Klein e João Antônio. Porto Alegre/ RS

Dia 02/10- quinta-feira
O segredo das Galinhas Júlia Mª Damazio Rodrigues. Tubarão / SC
O Macaco e a Velha Rute Beserra e Denis Araújo. Pirituba-SP
Furos no céu com  Cleo Cavalcantty: Cia Girolê, Curitiba /Pr
Chico Zueira com Bárbara Amaral de Sousa. Belo Horizonte / MG
Bumba- Meu boi com Marcinha  Moureira. Tupã/SP


Dia 03/10- Sexta-feira
A lenda da Lagoa Parobé com  Valéria  Mayer (Léla) Santa Cruz do Sul/RS
Campo dos gigantes com João Luiz do Couto. São Paulo/ SP
Coco verde e melancia com Maria Helena Ramalho. RS
Lendas ao pé da fogueira com Leila Pereira e Karine Cunha. Porto Alegre/RS
A concha das histórias com CIA SANSAKROMA sem fronteira. Julio e Débora D'Zambê



Oficinas/Workshop:
Ø  Período de Inscrições: de 02 a 23 de setembro: R$ 40,00 cada oficina, após esta data será R$ 50,00.
Ø  Contadores de historias e Professores terão desconto: R$ 30,00 até 23 setembro, após esta data será R$ 40,00.

Dia 02/10: Quinta-feira
9h às 12h- CONFECÇÃO DE GUARDA-CHUVA DE HISTORIAS.
Ministrante: Julia Mª Rodrigues é pedagoga, narradora de histórias, artesã e apresentadora do programa televisivo: “ERA UMA VEZ...” da UNISULTV. Formada em pedagogia e pós-graduada em Educação Infantil e Mídias na Educação.
Proposta:  A oficina visa proporcionar a confecção  “guarda-chuvas de histórias  com materiais de baixo custo para encantar os ouvintes,  ensinando a contar historias com  o guarda-chuva,  com dicas para tornar a pratica mais prazerosa.   
Relação material do aluno: Tesoura; Pistola de cola quente (quem tiver) e cola instantânea; 2 bastões de cola quente; Pedaço de velcro(qualquer cor);EVA nas cores:  marrom, bege, verde, branco, azul,amarelo e laranja ( pode ser pedaços pois pode-se fazer trocas );Guarda-chuva preto (menos estampado e de preferência infantil); Canetinhas de retroprojetor ou outra preta para EVA; Olhinhos, flores, lacinhos ( se tiver);Cola branca dimensional.
Local: Sala Lili Inventa o Mundo – 5º andar da CCMQ       

14h30 às 17h30: IMPRO-CONTOS, A CRIAÇÃO COLETIVA DE HISTÓRIAS IRREPETÍVEIS.
Ministrante: Jeff Hernández Castro, da Costa Rica.
Proposta: A maior diferença entre ler contos e assistir um contador de histórias é a vida das pessoas que assistem ao contador e a resposta dele. Cada pessoa da audiência é um organismo criativo. Se o contador pega esses elementos numa ordem para construir um conto, terá uma criação única e irrepetível. Esta oficina ajudará a construir contos coletivos.
Local: Sala C2 – 2º andar da CCMQ


14h30 às 17h30: A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS NA SALA DE AULA: RECURSOS A SEREM EXPLORADOS.
Ministrante: Marcinha Moureira é Professora, Arte Educadora e Contadora de Histórias.
Proposta: Serão apresentados para os participantes alguns recursos que podem ser utilizados para contar histórias. A primeira etapa da oficina será composta pela apresentação dos recursos, a segunda etapa será um “momento prático”, onde os participantes escolherão uma história e montarão os personagens com materiais que levarão.
Recursos necessários: Os alunos deverão trazer os seguintes materiais para a oficina: objetos recicláveis como garrafa pet, caixa de leite e outros; meias velhas; jornais; meia calça; cola quente; caixa de papelão; feltro equivalente para forrar a caixa de papelão ,tesoura, lixa de parede. Cada história terá aproximadamente  4 a 8 personagens, levar material para a quantidade de personagens indicados.
Local: Sala Lili Inventa o Mundo – 5º andar da CCMQ          

Dia 03/10: sexta-feira.
9h às 12h- VAMOS TODOS CIRANDAR! RODAS DE VERSOS.
Ministrante: Vanessa Meriqui é  Contadora de histórias, escritora de livros infantis, jornalista e pesquisadora. É Pós-graduada em A Arte de Contar Histórias, com Abordagens Poética, Literária e Performática.
Proposta: A oficina busca trazer e contextualizar as cantigas de roda e as rodas de versos como manifestações culturais, enquanto narrativas que caminham por um outro ritmo, uma outra linguagem. O foco está em perceber como estes cantares carregam histórias - histórias de brincar, histórias de trabalho, histórias de um povo - e se difundem no universo popular. A oficina também deve provocar o participante a cantar, dançar e rodar, numa descoberta lúdica deste encontro com a alma, à música e a sua própria história.
Local: Sala Lili Inventa o Mundo – 5º andar da CCMQ  .

14h30 ás 17h30: TECNICAS DE ABSTRAÇÃO DE OBJETOS PARA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS .
Ministrante: Cleo Cavalcantty : Produtora da Cia  Girolê , é  atriz e contadora de história das livrarias Navegadores, Saraiva e Fnac – Curitiba.
Proposta: Instigar no contador um jeito divertido e despretensioso de dialogar com o publico; Trabalhar todas as possibilidades de re-significar os objetos como as crianças fazem em suas brincadeiras; Experienciar  através de jogos de improviso a possibilidade de  construção rápida e objetiva, onde os participantes irão aos poucos criando suas histórias, sempre a partir de objetos, brincadeiras e palavras soltas.
Material do aluno: Os alunos deverão trazer pra oficina três objetos pessoais de sua escolha.
Local: Sala Lili Inventa o Mundo – 5ª andar CCMQ

Atividades Paralelas:
Dia 03/10:  9h às 12h.
Workshop: LISAPONGEE - Que venham as histórias em Lingala.
Ministrante: Júlio e Débora D'Zambê  são escritores e músicos e contadores de histórias.
Proposta: Será uma oficina interativa onde os alunos conhecerão contos, cantos e a arte  africana através dos objetos como:  máscaras, esculturas, bonecos sangomas , instrumentos musicais e vestimentas. Tendo como objetivo resgatar e identificar a influência de outras culturas na construção da identidade brasileira.   Buscando  referências na cultura oral para a conscientização de sua importância como patrimônio cultural, identificando seus elementos e as interações entre eles. 
Local: Sala C2 – 2ª andar da CCMQ

Ø  TAPETE DE HISTORIAS E EXPOSIÇÕES DE MATÉRIAS PARA CONTAÇÃO DE HISTORIAS no Térreo na CCMQ.
Dias 02 e 03 /10 das 9h às 18h.
Ø  CORTEJO FESTIVO NO CENTRO DE PORTO ALEGRE.
Dias 02 e 03/10  das 17h30 AS 18h30

Reservas e  agendamento através do telefone: (51) 3225.7089 ou e-mail bibliotecaluciliaminssen@gmail.com  . O pagamento dos ingressos e oficinas,  poderá ser efetuado na sede da Biblioteca ou  via depósito bancário na conta da Associação Amigos da Biblioteca Lucilia Minssen, Banrisul, agencia 0839 , conta: 41852295.0-0 .
Solicitamos que nos informe a data do  deposito e tragam o comprovante  no dia do evento.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Prêmio inovação – EIFL-PLIP – Bibliotecas Públicas, Comunitárias e Pontos de Leitura

Estão abertas as inscrições para bibliotecas públicas, comunitárias e pontos de leitura enviarem o relato de suas experiências com inovação e uso de tecnologias de informação e comunicação junto ao público infantil, para concorrer ao Prêmio inovação da EIFL-PLIP.
Inscrições de 12 agosto a 11 de outubro de 2014.

"Conte seu relato e concorra a 1500 dólares!"


quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Gaúcho lança livro infantojuvenil que aborda a homoafetividade

A literatura infantojuvenil é uma das mais consumidas no meio literário, e é justamente visando essa grande circulação de livros desse tipo que o gaúcho Hermes Bernardi Jr decidiu escrever uma história que aborda o homossexualismo. Ele frisa que não se trata de um livro sobre sexualidade, e sim sobre sentimentos e dúvidas humanas. 
O livro “Eu é um outro” conta a história de Eduardo, que se apaixona pelo seu amigo Manon. "Eu é um outro" segura o leitor deixando um suspense se amor que Eduardo sente por Manon é recíproco. O título do livro é uma frase do poeta francês Arthur Rimbaud (1854 – 1891), cuja paixão por Paul Verlaine (1844 – 1896) serviu de inspiração para Bernardi.
Homoafetividade é um tema que já é bastante abordado na literatura Norte-Americana, porém no Brasil ainda é novidade. O lançamento de “Eu é um outro” se insere em um mercado que ainda tem receio de tratar da homossexualidade, Hermes comentou que seu livro foi recusado por três editoras.



Eu É um Outro
De Hermes Bernardi Jr.
Infantojuvenil, Edelbra, 80 páginas, R$ 25
Sessão de autógrafos e bate-papo com o autor neste sábado, às 11h, no Baden Cafés Especiais (Jerônimo de Ornelas, 431)



terça-feira, 9 de setembro de 2014

Prepare-se para o Vestibular UFRGS 2015!

A partir do dia 15 de Setembro, ocorre, sempre nas segundas-feiras, debates sobre os títulos que este ano fazem parte das leituras obrigatórias do vestibular mais concorrido do RS!
Não fique de fora!

Leituras Obrigatórias - Vestibular UFRGS/2015
Local: Salão Mourisco - Rua Riachuelo, 1190



terça-feira, 2 de setembro de 2014

Passa Sete modernizada!

A servidora Bruna Clavé, representando o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, visitou na semana passada o município de Passa Sete, que teve sua Biblioteca Pública modernizada  através do Edital 14/2012. Bruna foi recebida pela Secretária da Educação de Passa Sete, Siméia Donizete e pela Letícia Pereira, funcionária responsável pela nova Biblioteca que foi revitalizada com novos livros e móveis e computadores, providos do valor de 20 mil reais recebidos do Estado.
Alguns projetos realizados pela Biblioteca receberam força após a modernização, um deles foi o projeto "Leitura que vai e vem" desenvolvido com alunos da Educação Infantil e Anos Iniciais das Escolas Municipais que tem como proposta fundamental incentivar e promover o hábito da leitura entre estudantes, despertando o gosto e o prazer pela mesma, contribuindo assim para a formação intelectual dos alunos. O projeto consiste basicamente em distribuir caixas contendo livros de literatura infantil que circularão entre escolas em intervalos de um mês, garantindo desta forma que as crianças tenham acesso a títulos diversificados e atualizados.
Com os computadores adquiridos também foi possível disponibilizar aulas de informática e atividades interativas, ministradas pela Letícia e Denise Papaléu.







sexta-feira, 22 de agosto de 2014

"A Biblioteca das Grandes Mentes"

Uma boa notícia para quem quer começar a montar sua biblioteca! Três jovens empreendedores criaram uma solução interessante e dinâmica para os amantes de livros. Já existem esses tipo de serviços para outros produtos como cervejas, chocolates e até peças de carros. Porém no âmbito literário é uma novidade.
Como funciona:
A cada mês, um novo título de ficção ou não ficção é indicado por personalidades do mundo cultural ou acadêmico. O interessado pode escolher entre os planos mensal (R$69,90 por mês) e o trimestral ( 79,90 por mês), recebendo na periodicidade escolhida um livro e uma revista sobre a obra escolhida e seu autor. Caso já tenha o livro, poderá trocá-lo por outras opções.
Para adquirir esse serviço, entre no site www.taglivros.com

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Biblioteca de Paulo Bento modernizada

A equipe do Sistema Estadual de  Bibliotecas esteve no município de Paulo Bento visitando a  Biblioteca Pública Municipal Érico Veríssimo contemplada pelo Edital 14/2012. Nessa visita foram observadas as melhorias  realizadas com o recurso desse Edital.
A atendente da biblioteca, Lígia Cristina Almeida da Silva realiza um trabalho muito bacana, abordando temas relacionados à saúde, à conscientização social (bullying) e trabalho de gênero. Pretende ainda realizar oficinas com temas de interesse da comunidade em geral, como: clube de mães leitoras, contação de histórias para a Melhor Idade e para bebês. Lígia também demonstrou interesse em participar do projeto "Autor presente na Biblioteca Pública" (http://autorpresente.blogspot.com.br/) oferecidos pelo IEL.




segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Biblioteca Pública de Muliterno recebe modernização

Na semana passada, algumas bibliotecas contempladas pelo edital 14/2012 foram visitadas pela coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Rosana Vasques e a bibliotecária Ionice Prado de Oliveira. Uma delas foi a Biblioteca Pública Municipal Mário Quintana do município de Muliterno. Com os vinte mil reais recebidos do Estado, a Biblioteca municipal pôde dar um novo ar ao local e criar novos projetos para os moradores da região. Um deles foi um projeto de inclusão digital desenvolvido junto a APAE, onde a Secretária Municipal de Educação Daine Zaparolli fala sobre na foto abaixo com a Coordenadora Rosana.

Com o valor recebido do convênio, a Biblioteca Pública também adquiriu móveis e livros novos para atrair novos leitores e tornar o espaço da biblioteca mais aconchegante. Sebastião Nunes (na foto abaixo)
é o cordial e simpático atendente responsável  por receber o público interessado em buscar informações, ampliar seus conhecimentos e produzir mais cultura.





















sexta-feira, 8 de agosto de 2014

#SEBPrecomenda: "A Criação da Terra e do Homem"

A Criação da Terra e do Homem: releeitura da história e mitologia Yorubá" de Oná Artero, resgata a história, concepções filosóficas, políticas e culturais do povo africano.
Onà Artero foi bom ouvinte das histórias contadas por anciãs, iyás e babás nas roças de candomblé. Neste livro, ele reconta e desenha a lenda Yorubá sobre a criação do mundo. A África é a origem e o berço da civilização. Assim, é necessário resgatar sua história, suas concepções filosóficas, políticas e culturais.
Hoje, meninos e meninas, e também alguns adultos, desconhecem os Orixás, os antepassados da etnia negra. Onà convida os leitores: “aproximem-se, aprendam tudo o que aqui está, e guardem em um cantinho do cérebro pois... um dia... esse conhecimento lhes será útil!”. Os desenhos, feitos por Onà, em todo o livro, podem ser preenchidos e coloridos. Os retratos dos orixás, pintados a óleo, foram publicados no verso das capas. É uma coedição com a FBN, através de Edital de Apoio a Autores Negros 2013.
O autor da obra, através da Editora Libretos, se dispõe a fazer encontros e palestras, dentro do que lhe for proposto.


terça-feira, 5 de agosto de 2014

​V CURSO DE PRESERVAÇÃO DE PATRIMÔNIO CULTURAL

O Gerenciamento de Riscos ao Patrimônio Cultural

A ACOR‐RS – Associação de Conservadores e Restauradores de Bens Culturais do Rio Grande do Sul juntamente com seus parceiros - Secretaria Municipal de Cultura, Setor do Patrimônio Histórico e Museu da UFRGS, com o apoio da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS - apresenta o V CURSO DE PRESERVAÇÃO DE PATRIMÔNIO CULTURAL com o tema Gerenciamento de Riscos ao Patrimônio Cultural.
Eventos recentes, como o incêndio do Mercado Público de Porto Alegre e a inundação de um importante acervo da UFRGS, alertaram para a importância de se ampliar as discussões acerca do gerenciamento dos riscos que afetam o nosso patrimônio cultural. A inquietação dos profissionais encarregados da sua preservação frente às incertezas quanto as vulnerabilidades e eventuais impactos a que estão sujeitos os mais variados elementos históricos, artísticos e culturais em nosso estado levaram a ACOR-RS a convidar especialistas da América Latina para partilharem conosco suas experiências nesta área.

Palestras:
® A metodologia de Gerenciamento de Riscos, novo paradigma para a Conservação de Patrimônio Cultural. Estudos de caso na Colômbia.
Mario Omar Fernandez – Colômbia – Consultor privado, consultor no desenvolvimento da Metodologia de Gerenciamento de Riscos ICCROM.CCI-RCE, professor da Universidad de los Andes e em vários cursos internacionais.

®  Implementação da metodologia de Gerenciamento de Riscos no Chile, estratégias e novas visões. 
Carolina Ossa Izquierdo - Chile - Conservadora chefe do Laboratório de pintura do Centro Nacional de Conservação e restauração, Coordenadora do Comitê de Gerenciamento de Riscos do Centro Nacional de Restauração do Chile e Presidente do Comitê do Escudo Azul do Chile.

®  A valoração de coleções e o gerenciamento de riscos
David Cohen – Colômbia – Professor do Departamento de História da Arte da Universidad de los Andes e pesquisador da Fundação ERIGAIE em temas de conservação, arqueologia histórica, arqueologia da arquitetura e estudos de cultura material.

Data: 30/08/2014
Horário: 9h – 13h
Local:     Auditório da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS
                Rua Ramiro Barcelos, 2705 - Campus Saúde - Porto Alegre - RS


Informações:
Museu da UFRGS
(51) 3308-3390 e (51) 3308-4022

      Auditório da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Reinauguração de Biblioteca Modernizada pelo Edital SEDAC 14/2012 em Venâncio Aires

Biblioteca Pública Municipal Caá Yari: Um dos espaços culturais mais tradicionais de Venâncio Aires foi reinaugurado no dia 15, em clima de festa e diversidade cultural. Depois de um mês fechada para reformas, a Biblioteca Pública Municipal voltou a receber o público num alegre sarau, com mais de 100 pessoas presentes, onde a literatura dividiu espaço com a música e o teatro. A ocasião serviu para apresentar à comunidade a reforma no mobiliário e a nova decoração com grafitagem nas paredes do espaço, agora batizado com o nome de Caá Yari, senhora dos ervais e deusa dos ervateiros na tradição dos índios guaranis.
Os agradecimentos se estenderam ao professor de História venâncio-airense Jair Luiz Pereira, autor do livro Caá Yari e a Capital do Chimarrão, que correlaciona as histórias da deusa dos ervateiros e do município. Já os sócios foram recepcionados através de saudação especial feito para Sônia Müller, dona da primeira carteirinha de leitor emitida pela Biblioteca em seus 42 anos de atividade.
A série de apresentações foi aberta por Rosária Costa, que com contornos teatrais, relatou duas versões sobre a lenda de Caá Yari. Em seguida, o personagem Papelito, do ator Sérgio da Rosa, destacou a relevância da leitura na época de tecnologia e redes sociais. As apresentações musicais encerraram a noite, com show acústico do músico Gabriel Martins e um set apresentado por oito integrantes da Orquestra Municipal de Venâncio Aires.
A Biblioteca Pública foi contemplada pelo Edital 14/2012 recebendo recursos no valor de R$ 55.000,00 ( cinquenta e cinco mil reais).O valor permitiu a compra de quatro computadores, um projetor com telão, mesas, cadeiras estofadas, bibliocantos e uma enciclopédia Barsa. A Secretaria Municipal da Cultura, Esportes e Turismo ainda investiu R$ 2,7 mil na lixação e pintura do piso.


terça-feira, 29 de julho de 2014

Biblioteca Modernizada pelo Edital SEDAC 14/2012 é Reinaugurada em Salvador do Sul

Com o propósito de facilitar o acesso da comunidade salvadorense a diversos serviços públicos, a administração de Salvador do Sul realizou, no  dia 25, a inauguração do Espaço de Cidadania Professora Dinara Janete Hochscheidt. A cerimônia teve acompanhamento de diversas autoridades locais e regionais, familiares da educadora homenageada e da comunidade.
Antes dos discursos de autoridades, foram realizadas apresentações artísticas por alunos da Oficina Municipal de Artes (OMA) e do Grupo de Danças Alemãs Volkstanzgruppe Von Kappesberg, que Dinara Hochscheidt tanto apoiou. Além do incentivo a atividades culturais, Dinara, mesmo depois da descoberta da doença que acabaria abreviando a sua vida aos 43 anos de idade, em 2012, sempre batalhou por uma educação de qualidade para crianças e jovens salvadorenses. A pedagoga, por quase dois anos, foi secretária municipal da Educação, durante a primeira gestão da prefeita Carla Maria Specht (PPS).
Após ser contemplada pelo edital 14/2012,  a biblioteca Pública de Salvador do Sul foi reinaugurada neste novo  espaço cultural que conta com oficina de artesanato, sala de cinema, telecentro, sala de qualificação, microcrédito, juizado de pequenas causas e cartório eleitoral. Foram destinados R$20.000 (vinte mil reais)  para compra de livros novos, computadores, tapetes e outros móveis de ambiência para deixar o ambiente da biblioteca mais aconchegante.
Rosana Vasques, coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do RS, representou no ato o secretário de estado da Cultura, Luiz Antonio de Assis Brasil, que, recentemente, visitou o prédio do espaço de cidadania. Ressaltou “É um espaço maravilhoso, muito lindo. Ficamos felizes em ver que os recursos públicos estão sendo tão bem aplicados e fazendo a diferença na vida cultural dos cidadãos e cidadãs”.

Confira algumas fotos do evento realizado no dia 25/07:

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Casa de Cultura Mário Quintana comemora aniversário do escritor

O poeta Mario Quintana completaria 108 anos na quarta-feira, 30 de julho, e a Casa de Cultura Mario Quintana comemora a data com a abertura do acervo da Instituição e o lançamento do IV Festival de Esquetes, a partir das 19 horas, no Espaço Lupicínio Rodrigues, além de atividades infantis à tarde.
O evento inicia às 19 horas com o lançamento do IV Festival de Esquetes da CCMQ, que terá como atração a apresentação de Histriônicos, do grupo Shoyu com Banana, trabalho que ficou em 5º lugar na mostra do ano passado, e se transformou em espetáculo.
Após a apresentação de 40 minutos no Espaço Lupicínio Rodrigues, haverá a solenidade da festa, quando serão divulgados os 26 selecionados da edição 2014 da mostra.
Em seguida, será lançado um folder que servirá como guia para consulta pública local e virtual do Acervo e Memória, formado por documentos da Casa e da Sedac, incluindo papeis institucionais e de personalidades como o poeta, a cantora Elis Regina e o crítico de cinema Romeu Grimaldi, além da coleção de obras de arte doadas à Casa. O Núcleo de Acervo e Memória faz tratamento arquivístico do material, a fim de serem disponibilizados para consulta.
O NAM/CCMQ realiza exposições periódicas de seus acervos, como forma de divulgação ao público visitante. A primeira foi a exposição relativa aos 20 anos de falecimento do poeta (1994-2014), Saudade: 20 anos sem Mario Quintana, que pode ser vista até o dia 30, na sala Radamés Gnattali (4º andar).

Programação infantil
 - O Espaço Expositivo Sapato Florido e o Atelier da Oca promovem às 15h30 uma roda de poesias aberta ao público, onde as crianças escolhem um verso do poeta para declamar, com a coordenação da professora Anelore Schumann. Por volta das 16h30, será cantado parabéns para Mario Quintana e servido um bolo para os participantes que tiverem declamado um verso na roda de poesia.
A Traça Biblió fará a visita guiada para o público em geral às 14h30. A apresentação é conduzida pela atriz Dinorah Araújo, na pele da personagem Traça Biblió, de Carlos Urbim, com roteiro assinado pelo escritor e pela atriz. A Traça Biblió e o Poeta – Brincando com os versos de Quintana é uma apresentação teatral conduzida de forma lúdica pela personagem Traça Biblió, que percorre os mais variados espaços da Casa, desde a Travessa dos Cataventos,  entre eles o quarto do poeta.
Sobre a peça - Histriônicos é o trabalho de estreia do grupo Shoyu com Banana. Rossano Pio é o responsável pelo audiovisual e direção. No elenco, Fábio Schuch, José Renato Lopes, Lizandra (Ayello) Bulgaro e Renata Zonatto.
No palco, quatro pessoas (que até pode ser a mesma), em diferentes épocas – o que fica evidente no figurino, com referências dos anos 1920 até 1980 – se questionam sobre o suicídio.
Sobre a programação infantil - A atividade da Sapato Florido integra a exposição Um Sonho Realizado, que exibe trabalhos artísticos que as crianças participantes do Atelier da OCA fizeram a partir do poema O MAPA. Livros de Mario Quintana estarão disponíveis para a escolha dos versos a serem declamados e o local contará com um lounge infantil, proporcionando um momento de aproximação com sua obra de forma descontraída e aconchegante.
Sobre o acervo - O Núcleo de Arquivo e Memória funciona contíguo à Biblioteca Erico Veríssimo, no 3º andar da CCMQ, com entrada pela Ala Leste do prédio. O horário de atendimento é das 10h às 16h. Disponibiliza mesas para consulta de documentos, com a possibilidade de digitalização de itens mediante agendamento antecipado. A documentação em outros suportes, como discos, fitas K7 e CD-Roms será completamente convertida para arquivos digitais e disponibilizada via rede.

Serviço:
Quando
: 30 de julho de 2014, quarta-feira
Lançamento do Acervo e Festival de Esquetes: 19h - Espaço Lupicínio Rodrigues (4º andar)
Traça Biblió - 14h30
        Roda de poesia - 15h30 – Espaço Expositivo Sapato Florido (5º andar)

quinta-feira, 24 de julho de 2014

6º concurso de Desenho e Redação / CGU

Em ano de Copa do mundo, eleições nacionais para Presidente e Governadores e manifestações populares em todo Brasil, nada mais oportuno do que levar para sala de aula a discussão da Participação Cidadã.
Desde maio de 2012 está em vigor a Lei 12.527/2011, a Lei de acesso à informação, carinhosamente chamada de LAI.
Você sabia que a LAI permite a qualquer pessoa perguntar diretamente a qualquer órgão ou entidade de governo federal, estadual ou municipal sobre qualquer informação pública? E que a LAI vale para todos os poderes: Legislativo, Executivo e Judiciário, além dos Tribunais de Contas e Ministério Público? Todos sem exceção devem responder às perguntas da sociedade.
Quanto mais informada for a sociedade, melhor é a sua capacidade de realizar o Controle Social, de votar e de direcionar as ações governamentais para o seu benefício.
É com essa motivação que a Controladoria-Geral da União (CGU) lança o seu 6º Concurso de Desenho e Redação da CGU com o tema “ACESSO À INFORMAÇÃO: UM DIREITO DE TODOS, que pretende estimular professores, estudantes e suas famílias a exercer o controle social com esse novo e fantástico instrumento de cidadania, que é a LAI.

Veja abaixo como participar do concurso!

Caso não consiga visualizar a imagem, acesse www.portalzinho.cgu.gov.br/concursos

quinta-feira, 17 de julho de 2014

IMPORTANTE: OF. Circular Nº 01/2014/SEBP

Em virtude do início do período eleitoral e considerando a Lei Federal nº 9.504, de 1997, art 73, item VI, a partir do dia 05 de julho de 2014 todos os produtos – sejam materiais, virtuais, informativas e de comunicação – que contêm a logomarca do Governo do Estado do Rio Grande do Sul não poderão ser mais utilizados, expostos e/ou divulgados. Abaixo apresentamos a referida logomarca para eventuais dúvidas:


Qualquer dúvida, pedimos que entrem em contato com Sistema de Bibliotecas Públicas do RS através do telefone (51) 3225-1124, ou pelo e-mail: sebprs@gmail.com.

Certos de sua compreensão e colaboração, agradecemos.

Rosana de Lemos Vasques
Coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do RS

quinta-feira, 10 de julho de 2014

PROJETO INCENTIVA LEITURA POR PRAZER EM SALA DE AULA

O colégio Sinodal, de São Leopoldo, no Vale dos Sinos deu início ao projeto no começo do ano e tem tido um resultado positivo. O objetivo é incentivar os jovens a ter gosto pelos livros, seja ele impresso ou digital. A proposta deles foi simples: propor aos alunos 15 minutos de leitura durante o período de aula, sem cobranças dos professores. A proposta atinge os estudantes da Educação Infantil, onde os professores leem para os pequenos, aos dos anos finais do Ensino Médio. Não importa onde estejam, se na biblioteca, na aula de educação física, na aula de informática. A prática já virou rotina e nem precisa ser lembrada. Quinta e sexta-feira às 8h10 ou às 14h15 todo mundo já sabe que é a hora de abrir um livro. Os minutos reservados à leitura tentam ajudar os alunos a criar o hábito de ler por prazer. Afinal, é na fase escolar o período da vida em que o brasileiro mais lê. São em média, dez livros por ano, contra os quatro da fase adulta, de acordo com pesquisa do Instituto Pró-livro.