segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Luís Augusto Fischer é o patrono da 59ª Feira do Livro de Porto Alegre



Escritor, ensaísta e professor de literatura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul(UFRGS), Luís Augusto Fischer é o patrono da 59ª Feira do Livro de Porto Alegre. O anúncio ocorreu na manhã desta quinta-feira (19), no Santander Cultural, no Centro da capital gaúcha. Escolhido entre 10 nomes, ele se disse surpreso e feliz por representar o evento.


A votação foi realizada por associados e diretores da Câmara do Livro, ex-patronos e representantes da comunidade cultural. "Vou estudar mais da história da feira, que já conheço bem. Vou me preparar", destacou Fischer em sua manifestação após o anúncio. "Vai ser inesquecível. É uma coroação na minha própria casa", completou.

Pela manhã, o patrono caminhou pela Praça da Alfândega, no Centro de Porto Alegre, onde a Feira do Livro será realizada, de 1º a 17 de novembro. "(A praça) ficou muito bonita depois da reforma", disse. Fischer também conversou com Luiz Coronel, patrono da edição do ano passado.

A expectativa da organização do evento é de que neste ano o público ultrapasse a marca de 2012, que foi de 1,7 milhão de visitantes.

Nascido em Novo Hamburgo, Luís Augusto Fischer é escritor, ensaísta e professor de literatura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), pela qual tem mestrado e doutorado com tese sobre Nelson Rodrigues. Escreve regularmente para vários jornais e revistas. Foi coordenador do Livro e Literatura da Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre e presidente da Associação Gaúcha de Escritores. Tem contos, crônicas e ensaios publicados.
Em 2007 recebeu da Secretaria Municipal de Cultura o Prêmio Joaquim Felizardo, como Intelectual do Ano de Porto Alegre.

Concorriam com Fischer os patronáveis Airton Ortiz, Caio Riter, Celso Gutfreind, Cíntia Moscovich, Cláudia Tajes, David Coimbra, Fabrício Carpinejar, Francisco Pereira Rodrigues e Maria Carpi.




Fonte: Site G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário