terça-feira, 9 de julho de 2013

Conheça a Biblioteca Parque da Rocinha

A C4 - Biblioteca Parque da Rocinha é a terceira de uma rede que a Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro vem implementando, com o objetivo de estruturar um novo patamar de atendimento às comunidades do estado.

Inaugurada em junho de 2012, tendo como principais referências as bem-sucedidas experiências implementadas em Medelin e Bogotá, na Colômbia, é um espaço cultural e de convivência, com qualidade física, humana e de serviços.

Com 1,6 mil metros quadrados, a Biblioteca Parque da Rocinha possui cinco andares, nos quais foram instalados uma DVDteca, um cineteatro, uma sala multiuso para cursos, estúdio de gravação e edição audiovisual, setor de internet comunitária (com 48 computadores e 12 notebooks), cozinha-escola e café-literário. A capacidade inicial para de obras é de 15 mil livros e 2 mil DVDs.

Baseada no conceito de que bibliotecas não devem ser somente espaços silenciosos, mas lugares que se aproximem de centros culturais, a Biblioteca Parque da Rocinha realiza atividades culturais e de promoção de leitura nos mais diversos suportes, visando estimular a produção, a fruição e a difusão das produções artísticas e, especialmente, a viabilização do acesso à cultura.

"O conceito de biblioteca vem evoluindo muito, de um lugar apenas de guarda livros, de consulta para pesquisas e estudos para um centro de cultura, conhecimento e de idadania”, explica a Secretária de Estado de Cultura, Adriana Rattes. “É um lugar de acesso livre e irrestrito à informação. É isso que forma um cidadão de primeira classe. E é isso que estamos tentando criar com o programa de Bibliotecas Parque. "Imaginamos criar em todas as regiões do estado pelo menos uma biblioteca desse tipo. Todas interligadas, cada uma funcionando como cabeça de rede das bibliotecas municipais, escolares, comunitárias, de todos os projetos de leitura e educação. Seriam as condutoras, a referência de um modelo novo de se discutir a questão do conhecimento, da formação, da educação”, conclui.

Segundo a Superintendente de Leitura e Conhecimento da SEC, Vera Saboya, esse espaço tem importante papel na comunidade. “A Rocinha é uma comunidade repleta de artistas, agentes e mediadores culturais. Ela tem uma vocação cultural muito grande. O modelo da Biblioteca Parque é de um espaço múltiplo que trabalha todas as artes: música, cinema, teatro, literatura, gastronomia etc”, informa Vera.

Fonte: http://www.cultura.rj.gov.br/apresentacao-espaco/c4-biblioteca-parque-da-rocinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário