sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Vem ai o V Festival de Contadores de historias.
 
OFICINAS DO FESTIVAL:


DIA 02 DE OUTUBRO
 
  • O universo brincante do contador de historias com CARLOS GODOY - SP
 
Ministrante: Carlos Godoy é Contador de histórias - ator e arte-educador, Diretor da Cia Mapinguary. Esse ano participou do 1 Encontro de Contadores de Histórias em Cuiabá e do programa Quintal da Cultura na TV Cultura. Também ministra cursos A arte de Contar histórias, no Senac Penha e Santo Amaro.
 
Proposta: A oficina prioriza o contato com o Jogo Teatral, através dos Brinquedos Cantados, Brincadeiras de Roda, Jogos de Mãos, Improvisação Teatral e principalmente a técnica da Contação de Histórias. Recuperar a tradição oral é uma das técnicas utilizadas para estimular, a espontaneidade, a imaginação e a criatividade.
 
Dia 02 de outubro, das 14 às 18h Local: Sala Lili Inventa o Mundo, 5ª andar CCMQ
 

DIA 03 DE OUTUBRO
 
  • Como se conta historias com ULISSES JUNIOR /SP
 
Ministrante: Ulisses Junior é ator, palhaço, contador de histórias e arte-educador. Fundou a associação Nina-Núcleo Interdisciplinar de Narradores Orais e Agentes de Leitura- onde criou e produziu o I e II Vila de Histórias- Encontro Nacional de Contadores de Histórias. Atualmente trabalha com o Coletivo Aquarela de Educação e Arte desenvolvendo projetos de promoção de leitura e contadores de histórias .
 
Proposta: Com muita pratica, prazer e ludicidade, a oficina visa, despertar novos contadores de história, fazer com que os participantes descubram meios de contar histórias. Serão utilizados acessórios com cordas, bastões, músicas, dinâmicas, e jogos de improviso, passando por técnicas cômicas de introdução ao clown, os alunos irão descobrir e explorar as mais diversas possibilidades de encarar o público e encanta-los com o sabor lúdico das histórias. 
 
Dia: 03/10 hora: 9h as 13h Local: Sala A5, 5ª andar da CCMQ
 
 
  • Oficina: Historias contadas com Origami com IRENE TANABE . São Paulo/ SP
 
Ministrante: Graduada em Comunicação Social, PUC/ Campinas. É Arte- Educadora com Curso de Formação em Contadores de Histórias . O Brincar e o Imaginário Infantil - Extensão Universitária na PUC/SP . Tendo conhecimento da arte de dobradura desde pequena. desenvolveu técnicas de narrar histórias com origamis, inclusive para diversos tipos de deficiências (cegos, surdos e hospitalizados). Apresentou-se na UNESCO e no Festival Conte Outra Vez, em Recife/Pernambuco. Além de diversas outras instituições.
 
Proposta: O intuito desta oficina  é mesclar a arte de narrar histórias com a arte de dobrar o papel. Sensibilizar e capacitar contadores de histórias, educadores, para a introdução do origami na narração de histórias, estimulando a elaboração de dinâmicas e conteúdos que possam ser aplicados em atividades educativas, lúdicas ou cênicas e que possibilitem refletir sobre a importância desta atividade.
 
Os interessados deverão solicitar previamente na biblioteca a lista dos matérias para oficina. 
 
Dia: 03/10 Hora: 9h as 13h Local: Sala A5, 5ª andar da CCMQ
 

  • Oficina: Ser contador de historias com ALICCE OLIVEIRA, Cuiabá /MT
 
Ministrante: Alicce é atriz e contadora de histórias . Formada em Pedagogia pela UFMT . Idealizadora do Projeto ?Contos do Mato?, FUNARTE/2009. Em 2010 foi Coordenadora do Projeto "CEJA um Contador de Histórias" e neste ano Idealizou e Coordenou o Encontro Nacional de Contadores de Histórias em Cuiabá.
 
Proposta: A oficina visa estimular os participantes a descoberta do seu próprio contador de histórias, por meio da sensibilização através dos trabalhos de expressões corporais, vocais, histórias e memória.
 
Dia: 03/10 Hora: 14h as 18h Local: Sala Lili Inventa o Mundo.
 

 
  • Aventais temáticos para Contação de historias com JULIA RODRIGUES, Tubarão/SC
 
Ministrante : Julia é pedagoga, narradora de histórias, artesã. Formada em  pedagogia e pós graduada em Educação Infantil e Mídias na Educação. Professora, diretora de CEIs e coordenadora pedagógica. Apresenta o programa de TV "Era uma vez..." da UNISULTV. Como artesã produz recursos visuais para contação de história.
 
Proposta: A oficina de aventais temáticos para contar histórias e poesias visa proporcionar a confecção de recursos visuais com materiais de baixo custo para encantar o contador e os ouvintes da contação, com histórias e poesias inéditas da literatura moderna.
 
Os interessados deverão solicitar previamente na biblioteca a lista dos matérias para oficina. 
 
Dia: 03/10 Hora: 14h as 18h Local: Sala A5, 5ª andar da CCMQ
  
DIA 04 DE OUTUBRO
 
  • O ritmo nas historias com ALINE MACIEL. Florianopolis/SC
 
Ministrante: Aline tem graduação e mestrado em Letras, pela UFSC. Trabalha com teatro, formas animadas, cinema, rádio, música e contação de histórias. Em 2010 apresentou-se e ministrou oficinas na cidade de Luanda, na África. Em 2011, foi professora do curso de pós-graduação em Contação de Histórias da Faculdade AUPEX, em Itajaí. Em junho participou da produção e como Contadora do, 6 FITAFLORIPA, Festival Internacional  Teatro de Animação.
 
Proposta: A oficina pretende trabalhar o ritmo e o improviso na Contação de Histórias. Através de exercícios, músicas, danças e dinâmicas, os participantes poderão aprimorar sua noção de ritmo e de percepção sonora a fim de melhorar seu desempenho como contador de histórias.
 
Dia: 04/10 Hora: 9h às 13h Local: Sala A5, 5ª andar da CCMQ
 
  • A arte de contar historias com LARISSA MAGAGNINI - Guarulhos/SP
 
Ministrante: Larissa é atriz, arte-educadora, contadora de historias. Bacharelado e licenciatura em Teatro . Fundadora do Grupo Três Marias e Um João, onde atua desde 2009. Participa dos editais: Valorização de Iniciativas Culturais da Prefeitura SP, Bibliotecas Municipais e Contação de Histórias em  São Bernardo do Campo, realizando  oficinas de contação de histórias no Centro Cultura Ruth Cardoso e Feira Educacional de Educação (Guarujá).
 
Proposta: A oficina foi elaborada a partir de pesquisas e práticas do Grupo Três Marias e Um João. No seu desenvolvimento metodológico são explorados jogos teatrais utilizados na arte educação, a tradição oral no contexto contemporâneo, o trabalho coletivo no contexto cultural e social. Através desses conhecimentos são elaboradas atividades lúdicas e dinâmicas que pretendem colaborar na formação de cada indivíduo.
 
Dia: 04/10 Hora: 9h as 13h Local: Sala Lili Inventa o Mundo, 5ª andar CCMQ
  
  • Contando historia de coração para coração com Con Lopes. Uchoa/SP
 
Ministrante: Graduada em Letras; Pós Graduação: A arte de contar histórias . É educadora e contadora de histórias desde 1998; Associada da Red Internacional de Cuentacuentos ; Atualmente atua como coordenadora de atividades culturais e capacitações pela Oficina Cultural Fred Navarro e pela CML Produções; Apresenta ?A hora do Conto?, em vários espaços da cidade; e ministra palestras em instituições pelo  Sistema Ser de Ensino ? Ed. Abril.
 
Proposta: Apresentar um novo olhar para a narração de histórias, sensibilizar os participantes para sua importância e da apresentação de recursos e técnicas auxiliares com ênfase para a narrativa simples, a história dramatizada ou projetada em algum objeto e contada com o livro. A oficina pretende contribuir no despertar do contador de histórias que há em cada um.
 
Dia: 03/10 Hora: 14h as 18h Local: Sala A5, 5ª andar da CCMQ
  
  • Oficina: Literatura aplicada a contacao de historia com ALFREDO MOURÃO - Ponta Grossa/Paraná 
 
Ministrante: Alfredo Mourão é Arte-educador e Coordenador de Programação e Projetos da Secretaria de Cultura e Turismo de PG , participou da coordenação  do
 
FLICAMPOS. Ministra oficina para educadores e dinamizadores culturais. É coord.  de Extensão do Curso de Letras da Faculdade SECAL . Com o Grupo Na Cia das Histórias , apresentam-se  em  escolas e instituições sócio educativas, desde 2006.
 
Proposta: utilizar-se dos contos e da contação como recurso para reflexões sobre temas e conteúdos possíveis de aplicação na sala de aula ou no projeto cultural e socioeducativo; desenvolver propostas de aproveitamentos temáticos com as linguagens interdisciplinares e do momento encantador por ele proporcionado junto aos educandos. Da(s) ideia(s) central(is) do conto promover conexões com outras possibilidades temáticas.
 
Dia: 04/10 Hora: 14h as 18h Local: Sala Lili Inventa o Mundo, 5ª andar CCMQ
  
 
INGRESSOS, INSCRIÇÕES DE OFICINAS E AGENDAMENTOS DO FESTIVAL:
 
Ø Contações de historias : publico adulto- Ingressos R$ 12,00 por turno + brinde do livro com algumas historias do Festival.

Ø  Pacote para escolas: 1 sessão de historia + visita á brinquedoteca+ lanche+ livro de historias do  Festival. Escola Publica R$ 10,00 e Particular R$ 12,00. Mediante agendamento prévio pelo fone: 51- 32257089.

Ø  Oficinas: Inscrições até 20 de setembro R$ 40,00, após esta data será R$ 50,00.

Quanto ao pagamento poderá ser na Biblioteca ? Rua dos Andradas 736 -5ª andar da Casa de Cultura Mario Quintana ou através de deposito bancário na Conta da Associação Amigos da Biblioteca Lucilia Minssen: Banrisul- Agencia 0839 ? conta nº 41.852295.0-0

Solicitamos que após efetuarem o pagamento nos informe por telefone ou e-mail e tragam o documento no dia do evento quando forneceremos o recibo.

Informações em geral pelo fone: 51- 32257089 ou bibliotecaluciliaminsse@gmail.com

Acompanhe a programação pelo site: http://blmrs.blogspot.com 


COMUNICADO IMPORTANTE:


Informamos que foi prorrogado o prazo para o envio dos projetos referentes ao Edital de Concurso Mais Cultura/Biblioteca Viva RS para Modernização de Bibliotecas Públicas Municipais do Estado do Rio Grande do Sul. A nova data limite para a entrega dos projetos é 05 de novembro

Para quaisquer outras informações:

Tele: 51 32251124
E-mail: bibliotecavivars@gmail.com

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Gramado: Livros infantis serão trocados por artesanato na Feira do Livro de Gramado


Gramado  - Dentro da XVI Feira do Livro de Gramado uma iniciativa da Biblioteca Pública Cyro Martins está inovando no incentivo à leitura e solidariedade. Em uma banca na feira, a comunidade poderá trocar livros infantis e gibis por bonecas, chaveiros e marcadores de página feitos de pano. Todo material arrecadado com a campanha será destinado para o Projeto Livros Viajantes.
Este ano serão 95 bonecas, confeccionadas com a técnica do fuxico, e 65 marcadores de página personalizados disponíveis para a troca. A fabricação do artesanato ficou a cargo de Vane Mari Mazalira, de Caxias do Sul, que não cobrou pelos serviços.  “A fim de contribuir para a nossa itinerância, as bonecas de pano expostas na feira são uma iniciativa dos funcionários da Biblioteca Pública Municipal Cyro Martins, para complementar a quantidade de livros do Projeto Livros Viajantes. Sugerimos, portanto, a doação de 5 livros infantis, que poderão ser trocados por bonecas de pano e 3 livros por chaveiros artesanais e marcadores de livros. Toda colaboração será de extrema importância”, destacou Cláudia Mezalira, bibliotecária de Gramado. [...]


sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Grupo de Discussão Biblivre-RS

A ministrante do curso de Informatização para Bibliotecas, Aliriane F. Almeida, tomou a iniciativa de criar um grupo de discussão sobre o software Biblivre. 
O estado do Ceará foi o primeiro a regionalizar um Forum de discussão para usuários do software.

Acesse o grupo, inscreva-se e participe. Tire suas dúvidas, compartilhe experiências e soluções.

Lembrando que há o Forum oficial em www.biblivre.org.br/forum, mas através de um regionalizado talvez você possa se sentir mais em casa.

Endereço da web atual:
http://groups.google.com/group/biblivre-rs

(Acesse para visualizar e torne-se um membro do grupo. 
*Somente membros podem enviar mensagens.)

Endereço de e-mail atual:
biblivre-rs@googlegroups.com



Saiu na mídia: Canoas: Jovem escritora canoense lança romance na Biblioteca Pública Municipal


Canoas  - A escritora canoense Luisa Geisler lança o romance Quiçá no dia 20, às 18 horas,  na Biblioteca Pública Municipal João Palma da Silva. Ela venceu o concurso Histórias de Trabalho (categoria conto), promovido pela prefeitura de Porto Alegre, em 2010. No ano passado, seu livro Contos de Mentira ganhou o Prêmio Sesc, na categoria contos.
Neste ano, Luisa conquistou mais uma vez esse o Prêmio Sesc com Quiçá. Atualmente, a escritora estuda Relações Internacionais, além de escrever. Ela foi também foi uma das alunas da oficina de criação literária Isso não é uma oficina, realizada pela Secretaria Municipal de Cultura. Luíza é colunista da revista teen Capricho

Biblioteca Pública de Canela em novo espaço


Canela – Dentro da programação da 19° Feira do Livro Josué Guimarães, foi inaugurado, na manhã de ontem, o novo espaço da Biblioteca Pública Municipal. 

A biblioteca fica localizada no Edifício Canela Boulevard, na rua Paul Harrys, n° 55 - sala 13, Centro. 

Na ocasião, a biblioteca recebeu o nome que hoje acompanha as Feiras do Livro de Canela: Josué Guimarães. “Este é um dia muito especial para mim e esta homenagem é mais do que justa, pois o escritor por muito tempo residiu em Canela. Além disso, Nydia Guimarães teve uma importante participação na minha carreira de professora”, destacou a secretária de Educação Marluce Fagundes durante a inauguração. A secretária adiantou, ainda, que nos próximos dias Nydia Guimarães também deverá ser homenageada, quando uma sala da biblioteca receberá seu nome. 

A solenidade contou com a presença de Adriana Guimarães, filha de Josué Guimarães, que representou a família. “Fico muito honrada em representar minha família, bem como muito feliz em ver o nome de meu pai ser lembrado”, disse Adriana.
[...]


Biblioteca Pública de São Lourenço do Sul comemora 70 anos - Jornal Tradição - O Elo da notícia até você

Biblioteca Pública comemora 70 anos - Jornal Tradição - O Elo da notícia até você:


Nessa sexta-feira (24), a Biblioteca Pública Municipal de São Lourenço do Sul comemora seus 70 anos com uma programação voltada ao conhecimento da própria estrutura e cultura presente na biblioteca. No dia 24, às 17h haverá um vernissage na sede da Biblioteca Pública, com a exposição “Arte e Escrita Lourenciana”. [...]

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Promovendo as Bibliotecas Públicas!!

Olá leitores!

Como colaboradora esporádica do blog do SEBP/RS compartilho com vocês umas iniciativas MUITO legais que um pessoal faz pelo Brasil à fora para poder divulgar e valorizar as Bibliotecas Públicas do país.

Se inspire e divulgue as bibliotecas públicas do seu estado ou as bibliotecas do seu município!

Abraços!

Aliriane F. Almeida (Ali)

Olhem só que bacana a apresentação abaixo, de autoria do bibliotecário Moreno Barros.

Inspirada na ideia dele, a bibliotecária Karin Menoncin também fez a sua parte divulgando algumas bibliotecas públicas de Porto Alegre. Confira!
Bibliotecas Públicas POA


terça-feira, 21 de agosto de 2012

URGENTE – PRAZO DE 22 a 26/08/2012.

O Ministério da Cultura prorrogou o prazo para inscrição de eleitores e candidatos aos Colegiados Setoriais do Conselho Nacional de Política Cultural.

Assim, os cidadãos que atuam em áreas culturais, a exemplo da área do livro, podem participar debatendo as temáticas do seu segmento e elegendo delegados estaduais, que por sua vez formarão o colégio eleitoral nacional para a escolha dos membros do Colegiados Setoriais do Conselho Nacional de Política Cultural – CNPC.
O número de delegados estaduais depende do número de eleitores inscritos, pelo que pedimos aos Associados que façam seu cadastro como eleitores.

Nossa Área de Atuação é a do Livro e Leitura.
A inscrição é toda pela internet. Veja abaixo como fazer sua inscrição:

1) Tenha seu RG digitalizado em formato PDF;
2)  Tenha seu CPF digitalizado em formato PDF;
3) Comprovante de atuação de três anos no setor:
      3.1 -  pode ser um currículo
ou
      3.2 -  solicite à mantenedora (prefeitura, fundação cultural, etc.) uma declaração para “Comprovação de Três Anos de Atuação no Setor”;
4)  Prepare uma breve apresentação de suas atividades ligadas à cultura (por exemplo: de 19_ _ a 2012 – atuação na biblioteca Tal ou outra atividade ligada à área,, exercendo tal função; ou “ bibliotecária desde tal ano, ou participação na diretoria da entidade <nome da entidade>, etc.)
5) Após estar com os itens acima preparados acesse http://www.cultura.gov.br/setoriais/livro/cadastro/ e preencha o cadastro.

Caso seja de seu interesse inscrever-se como Candidato, acesse o formulário próprio, ao final do Cadastro de Eleitor. Neste caso há mais alguns documentos que serão necessários. Veja a portaria completa aqui.

Lembre-se que essa é uma oportunidade para todos poderem expressar suas opiniões e fazermos valer nossas posições. Se nós, do setor do Livro e Leitrua do RS não participarmos, outros levarão suas bandeiras e nós ficaremos de fora dos espaços de decisão.

Contamos com sua participação!!
 

DOS CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO NOS FÓRUNS ESTADUAIS SETORIAIS
Art. 16.  O cadastro de eleitor nos Fóruns Estaduais Setoriais observará as seguintes condições:
I – idade mínima de 18 anos completos na data inicial prevista no art. 14;
II – preenchimento do formulário de cadastramento disponibilizado na página do Ministério da Cultura na internet;
III – apresentação de cópia digitalizada da Carteira de Identidade, do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e de comprovante de residência;
IV – apresentação de cópia digitalizada de um dos seguintes documentos, comprovando atuação de três anos no setor:
a) currículo;
b) diploma profissional;
c) registro profissional no Ministério do Trabalho (DRT); ou
d) participação em entidade/comunidade representativa da área ou segmento;
V – declaração de ter conhecimento do Plano Nacional de Cultura – PNC;
VI – descrição do vínculo empregatício ou atuação profissional autônoma no formulário de cadastramento;
VII – declaração de não ser detentor de cargo comissionado na administração pública federal, estadual, distrital ou municipal; e
VIII – declaração de veracidade das informações.
§1º  Cada cidadão somente poderá se cadastrar como eleitorem um Fórum EstadualSetorial, conforme sua residência e sua área de atuação profissional.
§ 2º  Na hipótese de eleitor que seja representante da sociedade civil e ocupante de cargo em comissão, a declaração de que trata o inciso VII será substituída por informação que individualize o cargo comissionado que ocupa, acompanhada de comprovação da função que exerce na entidade civil que representa.
§ 3º  O Ministério da Cultura não se responsabilizará por cadastro eleitoral não recebido por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores que impossibilitem a transferência de dados.
§ 4º  As informações prestadas no ato de cadastramento eleitoral serão de inteira responsabilidade do interessado, cabendo à comissão eleitoral excluir do certame aquele que não preencher o formulário de forma completa e correta.
§ 5º  É vedado o cadastro condicional, extemporâneo, por via postal, fax, correio eletrônico ou qualquer outro meio não previsto nesta Portaria.
§ 6º  As informações prestadas no requerimento de inscrição serão de inteira responsabilidade do interessado, que, em caso de falsidade, poderá responder, a qualquer momento, por crime contra a fé pública, o que acarreta sua exclusão do processo eleitoral.
Art. 17.  No ato do cadastramento como eleitor, aquele que optar também pelo registro de sua candidatura a Delegado Estadual Setorial deverá acrescentar os seguintes documentos:
I – currículo detalhado com comprovada atuação nos últimos três anos e opcionalmente portfólio;
II – carta de apoio subscrita por:
a) entidade com atuação na área em que concorre; ou
b) pelo menos dez eleitores da mesma área, cujo cadastro eleitoral venha a ser devidamente validado; e
III – carta-programa contendo pelo menos três propostas de diretrizes para o desenvolvimento da área em que concorre.
§ 1º  Cada entidade com atuação nas áreas deste processo eleitoral poderá emitir no máximo três cartas de apoio ao registro de candidaturas.
§ 2º  Caso o registro da candidatura seja negado em virtude do não cumprimento do inciso II do caput, o interessado terá o prazo de sete dias para suprir o requisito não cumprido, sob pena de indeferimento definitivo da candidatura.
Art. 17-A.  Os documentos referidos nos incisos III e IV e no § 2º do art. 16, bem como nos incisos I e II do art. 17, poderão ser enviados por via postal expressa (do tipo SEDEX ou similar), desde que postados até a data de encerramento da etapa de credenciamento prevista no art. 10”, para o seguinte endereço:
Conselho Nacional de Política Cultural
Esplanada dos Ministérios
Bloco B – Ed. Sede
CEP 70.068-900
Brasília-DF. (NR) (artigo incluído pela Portaria nº 103/2012/MinC)

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Prezad@s coordenadores,

O edital 2012 do Fundo Nacional de Cultura, seleciona projetos culturais com vistas a celebração de convênio ou termo de cooperação com o Ministério da Cultura que estam em consonância com as diretrizes e com os critérios constantes do Plano de Trabalho Anual do Fundo Nacional da Cultura.

Podem participar deste edital pessoas jurídicas de direito público da Administração Direta (Municípios, Governos Estaduais e Distrito Federal), pessoas jurídicas de direito público de natureza cultural da Administração Indireta (Autarquias, Fundações e Universidades) e pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, de natureza cultural, com pelo menos 3 (três) anos de atividades referentes à matéria objeto da parceria. Os proponentes devem estar cadastrados no Portal de Convênios SICONV.

O prazo para inscrição é de 10/08/2012 até às 23h59 de 24/9/2012.

As inscrições serão realizadas EXCLUSIVAMENTE por meio do sistema SALICWEB, disponível no sítio eletrônico www.cultura.gov.br
Para fazer a inscrição, acesse o link e depois click sobre imagem que aparece "SALICWEB":

Vejam abaixo uma breve descrição de cada uma delas, com os seus devidos orçamentos.

Categoria 1
Projetos que fomentem ou desenvolvam atividades voltadas para o processo de criação,
formação, promoção, difusão, produção, divulgação e circulação, fruição de bens, serviços
e expressões artísticas e culturais brasileiras.
Valor total disponível - R$ 4 milhões
Valor mínimo de repasse - R$ 100 mil 
Valor máximo de repasse - R$ 500 mil

Categoria 2
Projetos que fortaleçam espaços, redes e circuitos culturais, considerando os seguintes eixos:
a) Cultura e Diversidade; b) Cultura e Cidadania; c) Comunicação e Cidadania; d) Gestão de Redes;e f) Redes de Cooperação e Sistemas Locais de Inovação.
Valor total disponível - R$ 2milhões
Valor mínimo de repasse - R$ 100 mil 
Valor máximo de repasse - R$ 250 mil

Categoria 3
Projetos que visam implantar, ampliar, modernizar e recuperar espaços culturais de acesso
público, por meio de construção, reforma, aquisição de equipamentos e material permanente.
Valor total disponível - R$ 3 milhões
Valor mínimo de repasse - R$ 250 mil 
Valor máximo de repasse - R$ 500 mil


Categoria 4
Projetos que visam preservar, identificar, proteger, valorizar e promover o patrimônio cultural brasileiro, fortalecendo identidades e criando condições para sua sustentabilidade.
Valor total disponível - R$ 500 mil
Valor mínimo de repasse - R$ 100 mil 
Valor máximo de repasse - R$ 250 mil

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Espaço de Leitura - Você ouve rádio?

Por Francisco Gregório Filho

Publicado em 11/08/2012, em A Voz da Serra. 

Outro dia, ainda madrugada, ouvia o rádio. É isso, liguei o rádio às quatro horas da manhã. Sintonizei em uma das estações da rádio da cidade.
O locutor, com uma voz um tanto impostada, anunciava a hora de quando em quando, tocava músicas solicitadas pelos ouvintes que chegavam a ele, via mensagens pelo celular ou email no computador, ou ainda cartas chegadas pelo correio. O nobre locutor atendia aos pedidos musicais intercalados com mensagens comerciais e vinhetas de divulgação institucional. Com a voz firme e algumas inflexões desconectadas com os sentidos dos textos lidos, fiquei a ouvir esse apresentador de programas de rádio e a pensar em seu roteiro musical formado por canções populares, inspiradas por seus criadores a partir de casos amorosos e aqui e ali, um rasgo de poesia nas letras cantadas por cantoras e cantores apaixonados.

Pois bem, amigos leitores, vejam o que me aconteceu: chorei. Isso mesmo. Fiquei aos prantos quando no ar tocou a música “Não joguem lixo no chão”. Música e letra compostas por um amigo pelo qual tenho grande admiração e o considero um grande criador, um poeta, o compositor Vital Farias. A gravação veiculada pelo programa de rádio foi realizada também por outro amigo (já saudoso, falecido no mês de junho passado em Salvador/BA), Décio Marques, que reuniu sua voz às vozes de um grupo de crianças de uma escola pública que, na minha opinião rendeu um registro sonoro de grande qualidade e altamente comovente.

Repasso aqui minha sugestão para que os amigos leitores desta coluna procurem ouvir o CD do Décio Marques e divulgar essa peça artística e poética para crianças e jovens de nossas escolas. Trago de pronto para vocês conhecerem a letra da canção:

NÃO JOGUE LIXO NO CHÃO
Vital Farias

Não jogue lixo no chão
Chão é pra plantar semente
pra dar o bendito fruto
pra alimentação da gente

O peixe que sai do rio
O amor que sai do peito
A água limpa da fonte
Um sentimento perfeito
Não jogue lixo no chão
Chão é pra plantar semente 
pra dar o bendito fruto
pra alimentação da gente

A terra que tudo cria
Não pede nada demais
Ser tratada com carinho
Para vigorar a paz

Não jogue lixo no chão
Nem rios, lagos e mares
A terra é nossa morada
Onde habitam nossos pares

Não jogue lixo no chão
Chão é pra plantar semente
pra dar o bendito fruto
pra alimentação da gente

A natureza é quem cria 
O amor imediatamente 
Milagre que faz a vida
Bendito fruto do ventre

Se queres sabedoria 
Aprenda isto de cor
A terra é a mãe da vida
Útero, ventre maior.

o conforme o desejo ou a distância com que nos encontrávamos dele.
 
As notícias do mundo, de longe, nos despertavam a imaginação e os Nasci e cresci ouvindo rádio. Em minha casa o rádio era trabalhador e nos acompanhava nos afazeres do dia. Conhecíamos os nomes dos locutores e identificávamos pela inflexão da voz e o tom de verdade que fazia-nos crer nas maneiras diversas de transmitir uma notícia, ou um comentário parecido com uma crônica. 
 
Apreciava muito o conhecimento que alguns emitiam sobre as músicas escolhidas e seus intérpretes e compositores. Vivia atravessado por aquelas canções que mexiam com os meus sentimentos e me ajudavam a me lançar para as coisas da vida. 
 
Não precisávamos ficar parados para ouvir o rádio. Escutávamos com corpo desempenhando tarefas diversas dentro de casa ou nas varandas, alpendres, jardins e nos quintais. Regulávamos o volume do rádicomentários quase sempre entre os de casa. O tempo inteiro nos sentíamos impregnados com a poesia e as metáforas das letras das músicas e pensávamos conexões com as nossas vidas. As melodias, muitas delas, moram até hoje em meu corpo, meu coração e em minha mente. 

Parte da minha formação como leitor vem desse tempo e dessas escutas que me colaram fundo. Sou um ouvinte de rádio até hoje. Claro, o tempo para a escuta diminuiu muito, mas sempre que dá vontade e tenho disponibilidade estou eu lá com os ouvidos ligados no som do rádio. Também fui um trabalhador de rádio. Exerci as funções de produtor, locutor, discotecário, programador e até de diretor. 

Sou um admirador desse fazer da comunicação que reúne e agrega pessoas das mais diferentes origens e status e promove o estado de aprendizado em todos. 

Você, amigo leitor, gosta de ouvir rádio? Ainda ouve belas canções tocadas nos programas de rádio de nossa cidade ou isso é coisa do passado? Meus abraços, pedindo licença para sintonizar mais uma estação em meu aparelho sonoro.

Oficina: UM ESTÍMULO À LEITURA E AO AUTOCONHECIMENTO
 
Data: 22 de agosto das 19h às 22h

Ministrante: Leila Pereira – Professora de língua estrangeira para crianças,  contadora de histórias, oficineira ,escritora e editora.

Objetivos: Promover e ampliar  a prática da Contaçãode Historia como fonte de estímulo à leitura e crescimento pessoal. Compreendera importância da literatura na formação emocional do indivíduo; desenvolver acriatividade através da prática da CH; estimular a capacidade de concentração, audição e reflexão por meio da CH; propiciar odesenvolvimento do potencial crítico e o gosto pela literatura; resgatar ouconectar o contador de histórias que há em cada indivíduo; proporcionar aprática de uma CH ao grupo.

Metodologia: Dinâmicas  de grupo conduzindo areflexões sobre literatura e Contação Historias . Sistematização para  uma boa Contação . Exercícios de relaxamentoe técnicas de concentração. Execução de uma CH ao grupo.

Carga horária: 3 h/aula com Certificado
Investimento: R$ 30,00

Inscrições e reservas pelo fone: 32257089

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

NOVO CONTATO PARA O EDITAL DE MODERNIZAÇÃO DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS

Para melhor atender as demandas sobre o Edital de Modernização de Bibliotecas Públicas criamos um novo e-mail exclusivo para responder as dúvidas a respeito do projeto: bibliotecavivars@gmail.com

Também estamos atendendo no tel.: (51) 3225-1124

Rosana de Lemos Vasques
Coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do RS

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

CANCELAMENTO DA OFICINA PARA CAPACITAÇÃO DO EDITAL DE MODERNIZAÇÃO DE BIBLIOTECAS

COMUNICAMOS QUE A OFICINA PARA CAPACITAÇÃO DO EDITAL SEDAC 14/2012 - MAIS CULTURA/ BIBLIOTECA VIVA RS - PARA MODERNIZAÇÃO DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS QUE SERIA DIA 14/08 FOI CANCELADA.

Informações pelo tel.: (51) 3225-1124

Rosana de Lemos Vasques
Coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do RS

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Venâncio Aires: Biblioteca comemora a chegada de novos livros!

"Aberta de segunda a sexta-feira, a Biblioteca Pública Municipal terá novidades para os leitores venâncio-airenses nos próximos dias. Em março desse ano, o espaço foi aprovado no 'Programa de Ampliação e Atualização dos Acervos das Bibliotecas de Acesso Público, lançado pela Fundação Biblioteca Nacional.

O objetivo do projeto é beneficiar todas as bibliotecas municipais, estaduais, comunitárias (urbanas e rurais) e os pontos de leitura inscritos no Cadastro Nacional de Bibliotecas, com uma quantia entre R$ 800 e R$ 15 mil para efetuar a renovação do seu acervo. De acordo com a bibliotecária Rosária Costa, o espaço passou por um processo de avaliação até ser contemplada. “Tivemos que formar uma comissão, cuja equipe era formada por mim, pela atendente Maria Luiza Rocha, a representante da secretaria de Educação, Marlise Antoni, e Sérgio Rosa”, diz.

Após a comissão ser formada, cada membro do comitê entrou na listagem que estava disponível no Portal do Livro da Biblioteca Nacional, fez uma lista, e depois elas foram filtradas, pela biblioteca, visando atender aos interesses do público usuário e foi enviado o pedido final para o site do programa, contendo 1.050 títulos.

Na manhã de ontem, 30, a biblioteca recebeu 616 exemplares - dos 1.050 que estão por vir - da proprietária da Livraria e Papelaria Cometa, Vera Kroth. O acervo contém, além de livros infantis e juvenis, opções na área de educação, como gramáticas, dicionários de inglês e português, e também livros de pesquisa histórica. “Não será possível deixar todos ao mesmo tempo expostos para as próprias crianças escolherem qual queiram levar, pois nos falta espaço próprio para atender às crianças, como estantes baixas, com um tapete rodeado de caixas coloridas cheias de livros, do jeito que todo criança gosta”, ressalta. [...]"

Fonte: Folha do Mate


Relvado: Biblioteca comemora também a chegada de novos livros!

"A Biblioteca Pública Municipal de Relvado, Érico Veríssimo, foi contemplada com R$ 6.702,51 para aquisição de livros através do Ministério da Cultura. Assim, no dia 14 de junho a Biblioteca Pública Municipal Érico Veríssimo recebeu 498 exemplares dos 725 livros que irá receber no total. O restante deverá ser entregue até 31 de julho de 2012. 

A iniciativa faz parte do Programa de Ampliação e Atualização de Acervos das Bibliotecas de Acesso Público, criado em 2011 pela Biblioteca Nacional.
O Programa de Ampliação dá a liberdade de escolha dos livros que irão compor o acervo de cada biblioteca, ou seja, o Ministério da Cultura libera o recurso, mas os livros são escolhidos pela biblioteca.[...]"

Relvado: biblioteca comemora 7 anos!


A Bib. Púb. Mun. Erico Verissimo, de Relvado, completou 07 anos desde a sua inauguração.
Na semana do aniversário - de 17 a 20 de Julho - foi realizada uma contação de história para os alunos da Escola Plácido de Castro e das Escolas Municipais, o tema abortado foi "Amizade", já que no dia 20 de Julho era comemorado o dia do amigo.
A história contada foi:" A velhinha que dava nome as coisas" de Cyntia Rylant.
Aproveitando a presença da rainha do município, Josiane Grilli, todos puderam ouvir a declamação de uma poesia sobre os avós, já que no dia 26 de Julho se comemorou esta data.
Confira as fotos e a notícia no site da prefeitura: 

A Biblioteca fica localizada na R. das Hortênsias, 57 CEP: 95965-000.
Fone: 51 37761122 r 30 Fone II: 51 37761090

Novo Hamburgo: Biblioteca Pública reabre após reformas

Novo Hamburgo  - Na segunda-feira (6), a Biblioteca Pública Machado de Assis de Novo Hamburgo normalizará seus serviços e atendimentos. O local estava funcionando com expediente interno em função de obras e melhorias no prédio. Com a reabertura, o público poderá voltar a realizar empréstimos e devoluções de livros, renovações, pesquisas e o usar o Telecentro. [...]

Canoas: Exposição na Biblioteca Pública Municipal homenageia Mario Quintana

Canoas  - Até o próximo dia 10 desse mês, os usuários da Biblioteca Pública Municipal João Palma da Silva podem visitar a exposição em celebração aos 106 anos do poeta gaúcho Mario Quintana (1906-1994), que está montada no Corredor das Artes. No local, estão distribuídas obras do escritor, um panorama histórico de sua vida e peças artísticas produzidas em homenagem ao poeta. O Corredor das Artes fica nas dependências da Biblioteca - Rua Ipiranga, 105, Térreo - Centro.


domingo, 5 de agosto de 2012

Atualização de dados das bibliotecas no blog

A página com a listagem das bibliotecas do Estado estará temporariamente fora do ar em nosso blog para atualização de dados.

Enquanto esta página está sendo atualizada, você pode pesquisar as bibliotecas do RS que já se cadastraram no Cadastro Nacional de Bibliotecas (de responsabilidade do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas).
 

Bibliotecas Parque: a leitura em zonas sensíveis

"Conjuntos de bibliotecas da SEC em comunidades do Rio de Janeiro são reflexo de um Estado chegando onde sempre foi ausente.
Chegar onde o livro e o conhecimento são raros. As zonas sensíveis do Rio de Janeiro começam a construir uma nova história com a rede de Bibliotecas-Parque da SEC. Até o momento, os complexos já chegaram a Niterói, Manguinhos, e Rocinha, com a recém-inaugurada Biblioteca-Parque da Rocinha. Mais tarde, ainda serão construídas unidades no Complexo do Alemão, em Paraty, Paracambi, Teresópolis, Cidade de Deus e São Gonçalo. [...]"

Feira do Livro em Gravataí


"A 26ª Feira do Livro de Gravataí está sendo preparada e já conta com seu patrono, o escritor Luiz Coronel. O autor homenageado será Zenon Costa. O evento ocorrerá de 28 de setembro a 4 de outubro, na Praça Dom Feliciano, no centro da cidade. A programação de atividades da Feira será divulgada na próxima semana e o lançamento oficial ocorrerá no dia 23 de agosto. A Feira do Livro é uma realização da Fundação Municipal de Arte e Cultura (Fundarc), com o apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc). [...]"

 

Feira do Livro de Torres

"A XII Feira do Livro de Torres já está sendo planejada. A festa literária, promovida pela Prefeitura Municipal, Sistema Fecomércio-RS/ Sesc, Ulbra Torres e Super Livros, terá como tema a “Literatura por toda parte”. O evento será entre os dias 3 e 9 de setembro e contará com participações de grandes nomes como Iotti, Leia Cassol, Humberto Gessinger, Elisa Lucinda, Elisa Masseli, Rosinha Campos, André Neves, Leo Cunha, Telma Guimarães, Celso Sisto e Mônica Papescu, além de expositores e apresentações artísticas. A programação oficial será lançada no dia 19 de julho, às 20h, no Centro Municipal de Cultura (Rua José Antônio Picoral, nº 171), em evento para convidados. Este ano, o escritor Caio Riter será patrono da Feira e a pedagoga Terezinha Quadros Borba, a anfitriã.[...]"


quarta-feira, 1 de agosto de 2012

PROGRAMAÇÃO DE AGOSTO BIBLIOTECA LUCÍLIA MINSSEN

OFICINAS E CURSOS NO MÊS DE AGOSTO

A Biblioteca Lucília Minssen promoveu, em junho, o workshop ARTE, BRINCADEIRA E EXPRESSÃO, com a artista e educadora Viviane Juguero, apresentando de forma suscinta distintos aspectos ligados ao desenvolvimento da ludicidade em atividades com crianças e espetáculos para crianças. Atendendo a pedidos, agora a temática será trabalhada em tópicos, viabilizando uma abordagem mais detalhada.

CURSO ARTE, BRINCADEIRA E EXPRESSÃO.

Ministrante: Viviane Juguero - Coordenadora do Bando de Brincantes

Viviane Juguero é idealizadora, coordenadora, artista (atriz, escritora, compositora e cantora) e professora, além de realizar a direção de produção de todos os trabalhos do Bando de Brincantes. É artista e produtora cultural há dezoito anos. É Bacharel em Interpretação Teatral e Especialista em Teoria do Teatro pelo Departamento de Arte Dramática da UFRGS, Universidade na qual freqüentou diversos cursos de extensão na Faculdade de Música e onde, atualmente realiza mestrado. Tem em seu currículo dezenas de espetáculos de teatro, música e circo para adultos e crianças, além de ministrar cursos sobre arte e produção cultural. Dentre os prêmios que recebeu, está o Prêmio Açorianos de Música, na categoria Melhor Disco Infantil, com JOGOS DE INVENTAR, CANTAR E DANÇAR. Viviane foi diretora do Teatro de Arena de Porto Alegre e é a idealizadora do Curso Superior de Tecnologia em Produção Cênica (Faculdades Monteiro Lobato - FATO), no qual atuou como coordenadora e no corpo docente. Mais informações no site: www.bandodebrincantes.com.br

PROGRAMA:

MODULO I :  BRINCADEIRAS CANTADAS

08/08: Turma A, das 14h às 17h e 09/08: Turma B, das 18h30 às 21h30

Brincadeiras folclóricas que trabalham afinação, ritmo, coordenação motora, identidade e imaginação.

MODULO II:  Processo de JOGOS DE INVENTAR, CANTAR E DANÇAR

05/09: Turma A, das 14h às 17h e 06/09: Turma B, das 18h30 às 21h30

Um passeio sobre o processo de criação dos poemas e canções presentes no trabalho JOGOS DE INVENTAR, CANTAR E DANÇAR do Bando de Brincantes, com experimentação direta das diferentes atividades lúdicas realizadas com a primeira infância em escolas de Educação Infantil.

MODULO III:  Processo de CANTO DE CRAVO E ROSA

24/10: Turma A, das 14h às 17h e 25/10: Turma B, das 18h30 às 21h30

Vivência das técnicas utilizadas na criação do espetáculo CANTO DE CRAVO E ROSA, do Bando de Brincantes, passando pela pesquisa de cantigas, contação de histórias, criação do texto dramático, realização de espetáculo e publicação do livro.

MODULO IV : ATIVIDADES LÚDICAS PARA BEBÊS

07/11: Turma A, das 14h às 17h e 08/11: Turma B, das 18h30 às 21h30

Cantigas, brincadeiras, historietas, jogos de sentido e troca de afeto, em atividades para crianças de zero a dois anos.

MODULO V:  CRIAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE HISTÓRIAS

05/12: Turma A, das 14h às 17h e 06/12:  Turma B, das 18h30 às 21h30

Técnicas de contação de histórias; expressão corporal e vocal; criação de histórias interativas com a construção de estímulos visuais e sonoros.

INVESTIMENTO: R$ 30,00 por oficina ou R$ 120,00 pra quem se matricular em todas, no início, ganhando o último módulo de graça.

O certificado geral do curso é de 20 horas/aula.

Informações e inscrições pelo telefone (51) 3225-7089.

Projeto Literatura, Leitura e Multimeios

Jussara Mello & Companhia: Convidam para um gostoso Café com livros nas Oficinas da Casa de Cultura Mário Quintana. O Projeto inclui um passeio pela Casa e um inesquecível Café Cultural em todos os encontros.

Dia 16 de Agosto:  turmas manhã 9h as 12h  ou turma a tarde 14h as 17h.

Oficina: ?Biblioteca: O coração mágico da escola.? A Grande história da Biblioteca: Acervos, projetos, restauração e inclusão.

Ministrante: Débora Jardim , escritora, bibliotecária e coordenadora das Bibliotecas da Rede de Escolas da ULBRA.

Coordenação do Projeto: LM CULTURAL (JUSSARA MELLO) Professora, escritora oficineira, palestrante e crítica literária. jussara_livros@yahoo.com.br.

*Apoio: Editora Moderna/Salamandra

Inscrições R$ 20,00 através do fone: (51) 32257089
Biblioteca Lucilia Minssen

Rua dos Andradas 736 ? 5ª andar da Casa de Cultura Mario Quintana

Porto Alegre ? fone: 51- 32257089  e-mail: bibliotecaluciliaminssen@gmail.com