quarta-feira, 25 de abril de 2012

Espetáculo explora o imaginário infantil com música e brincadeiras



Estreia no dia 21 de abril na Casa de Cultura Mario Quintana um espetáculo que aborda a importância da imaginação e da capacidade tipicamente infantil de encantar a realidade. Trata-se de Música de Imaginar, primeira montagem do Grupo Aquarela, criado em 2011 com o objetivo de unir música e teatro em um trabalho lúdico voltado a pais e filhos.

A trama, dirigida por Daniel Colin, apresenta no palco o dilema da menina Alice, uma criança esperta e feliz e que vive a infância intensamente. Porém, Alice está crescendo, e o medo de crescer rápido e a iminência de se tornar adulta faz com que ela “invente” Lábaros, um personagem imaginário rabugento que vem de um mundo sem cor, onde não há espaço para a imaginação. 

A luta de Alice para convencer Lábaros sobre a importância de imaginar é ilustrada com a ajuda de brinquedos e de canções compostas especialmente para o espetáculo, que são reproduzidas ao vivo pelos músicos Fredi Bessa, Fernando Lenz, Tiago Ritter, Vanderlei Fontanella, e pelos atores Fernanda Petit e Totonho Lisboa, este último, autor do texto. As músicas integram o CD Música de Imaginar, que o grupo lança na estreia, e que estará a venda durante toda a temporada.

Serviço:

O que: Música de Imaginar, espetáculo infantil com teatro e música, e lançamento do CD homônimo
Quando: de 21 de abril (estreia) a 13 de maio de 2012, sempre aos sábados e domingos, às 16h
Local: teatro Bruno Kiefer (6º andar da Casa de Cultura Mario Quintana – Rua dos Andradas, 736, centro, POA)
Quanto: R$ 15,00

Ficha técnica:

Direção: Daniel Colin
Texto: Totonho Lisboa
Música: Fredi Bessa

Elenco:

Atores: Fernanda Petit e Totonho Lisboa
Músicos: Fredi Bessa / Fernando Lenz, Tiago Ritter e Vanderlei Fontanella

Iluminação: Carol Zimmer
Cenário: Tchakaruga de Paranaguá
Figurino: Leopoldo Schneider
Vídeo: André Brasil e Leandro Benites
Arte: Aline Rodrigues

Contatos:

Facebook: Música de Imaginar

Nenhum comentário:

Postar um comentário