segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Cultura lança Programa Biblioteca Viva RS

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, lançou na tarde dessa terça-feira (13), o programa Biblioteca Viva RS, no município de Boqueirão do Leão.

Escritores, autoridades e representantes da comunidade da região compareceram na cerimônia de lançamento do primeiro edital do programa, destinado à modernização de Bibliotecas Públicas.Serão disponibilizados recursos do Governo do Estado, na ordem de R$ 1 milhão. Podem concorrer ao edital 50 municípios com até 10 mil habitantes, e cada projeto poderá solicitar no máximo R$ 20 mil.


50 municípios podem receber recursos
para modernizar suas bibliotecas públicas
Foto: Cláudio Fachel

O secretário de Estado da Cultura, Assis Brasil, lembrou a fase de transformação pela qual passa o livro com o crescimento da cultura digital.”O importante é que a palavra, o desejo de contar uma história e o desejo de ouvir uma história permanecerá para sempre. Esse edital é uma maneira de democratizar o acesso aos livros”, completou Assis Brasil.

O secretário adjunto, Jéferson Assumção, abriu a solenidade apresentando os detalhes técnicos do edital e seus objetivos. “ Praticamente todos os municípios gaúchos possuem bibliotecas públicas, mas grande parte delas necessita de modernização. Precisamos torná-las pequenos Centros Culturais, com acervo,equipamento, informatização e até mobiliário mais adequado e que gere motivação para a leitura. Esse edital integra nossas ações do Plano Estadual do Livro e Literatura”, finalizou Assumção.

O prefeito de Boqueirão do Leão, João David Goergen, agradeceu, sensibilizado, a escolha do município para o lançamento do Biblioteca Viva RS. “ Esse ato mostra que o governo do estado tem um olhar para os pequenos municípios, descentralização a atenção e nos trazendo esperança de que os pequenos municípios venham a ter uma atenção especial”, disse o prefeito.

O secretário municipal de Educação, Cultura e Turismo, Eleno Ogliari, enfatizou a importância dos recursos que virão através do edital. “ Para os pequenos municípios isso representam que 500 mil habitantes serão beneficiados. 20 mil reais para esses 50 municípios que vão ser contemplado significa muito”.

Há mais de 10 anos as bibliotecas públicas do estado não renovam seu acervo, por isso um dos critérios para a seleção é de que o projeto deverá contemplar: a) aquisição de acervo: mínimo de 50% do valor do prêmio; b) aquisição de equipamentos de informática e audiovisual, mobiliário: máximo de 50% do valor do prêmio. O edital completo está aqui no site da Sedac/editais.


O evento encerrou com a apresentação da Banda Marcial da Escola Eugênio Franciosi.

Texto: Asscom Sedac

Nenhum comentário:

Postar um comentário